Comitente 1ª VARA FEDERAL DE PITANGA-PR Imprimir Lotes
Classificação Judicial - Presencial
Status Aberto para Lances
Local Auditório da OAB, situado na Rua Deputado Francisco Costa, nº 390, Pitanga/PR
Data 1º Leilão: 25/04/2019 às 13:30 Data2º Leilão: 25/04/2019 às 13:30
FAIXA DE PREÇO
COMITENTES
CIDADES
Limpar

LOTE 6.1 - Imóvel c/ 2.814,81m² em Pitanga/PR (1° Leilão )

Fotos lote
Lote Tipo do Bem Valor de Avaliação Lance Inicial - 2ª Praça/Hasta Valor Débito Lance Atual Número de Lances Status Número de visitas
006 IMÓVEIS COMERCIAIS R$ 6.000.000,00 R$ 3.000.000,00 R$ 493.254,40 R$ 0,00 0 OK 3024
Lote 006
Tipo do Bem IMÓVEIS COMERCIAIS
Valor de Avaliação R$ 6.000.000,00
Lance Inicial - 2ª Praça/Hasta R$ 3.000.000,00
Valor Débito R$ 493.254,40
Lance Atual R$ 0,00
Número de Lances 0
Status OK
Número de visitas 3024
Descrição do lote
Bem imóvel, matrícula nº 33.456 do CRI de Pitanga/PR (matrícula anterior 7.913 do mesmo ofício), medindo 2.814,81 m² (dois mil, oitocentos e quatorze metros e oitenta e um centímetros quadrados), com área construída de 296,00 m² (duzentos e noventa e seis metros quadrados) para funcionamento de um posto de combustível e 141,98 m² (cento e quarenta e um metros e noventa e oito centímetros quadrados) para funcionamento de um escritório, localizado no município de Pitanga/PR. A penhora recaiu apenas sobre o imóvel e edificações, sem abranger maquinário, bombas de combustíveis e outros materiais necessários ao funcionamento do posto de gasolina
Local para visitação
DEPOSITÁRIO(A): RENATO JUNIOR KASPRZAK - LOCALIZAÇÃO DO BEM: Av. Presidente Getúlio Vargas, 118, Centro, CEP 85200000, Pitanga/PR.
Observação
ÔNUS: Na matrícula imobiliária constam hipotecas de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), em favor de Companhia Brasileira de Petróleo Ipiranga (R.25 da matrícula 7.913), e de R$ 1.435.364,84 (um milhão, quatrocentos e trinta e cinco mil e trezentos e sessenta e quatro reais e oitenta e cinco centavos) em favor de Ipiranga Produtos de Petróleo S/A (R.30 da matrícula 7.913). ENCARGOS: O(A) arrematante deverá pagar ao leiloeiro a comissão de 5% (cinco por cento), bem como o valor das custas judiciais, estabelecidas em 0,5 (meio por cento), ambos sobre o valor da arrematação. Valor mínimo das custas judiciais: R$ 10,64. Valor máximo das custas judiciais: R$ 1.915,38, conforme a Portaria nº 22, de 21 de Fevereiro de 2005, do Presidente do TRF da 4ª Região. Para a expedição da carta de arrematação também será necessário o recolhimento do respectivo tributo. ADVERTÊNCIAS ESPECIAIS: 01) O interesse em adquirir o(s) bem(ns) penhorado(s) em prestações deverá observar o disposto no artigo 895 do Código de Processo Civil. 02) No segundo leilão, não serão aceitos lanços inferiores a 50% (cinquenta por cento) do valor da avaliação. 03) Em não sendo arrematado o bem, foi determinada a VENDA DIRETA a particular. Assim, fica autorizado o leiloeiro, nos 60 (sessenta) dias que se sucederem ao segundo leilão, a proceder à venda direta do bem não arrematado, nas mesmas condições observadas no segundo leilão. 04) Em caso de pagamento ou parcelamento do débito no período de dez dias úteis que antecedem o leilão, o(a) executado(a) deverá pagar 2% (dois por cento) sobre o valor atribuído ao bem na avaliação ou sobre o valor da dívida, o que for menor, a título de ressarcimento das despesas do leiloeiro, ficando estabelecido o valor mínimo de R$ 500,00 (quinhentos reais). O(s) bem(ns) só será(ão) retirado(s) da hasta pública quando comprovado nos autos o depósito em juízo do valor correspondente às despesas do leiloeiro, ou quando houver acordo expresso com o leiloeiro, devidamente comprovado nos autos. 05) Após a expedição da carta de arrematação ou da ordem de entrega, a invalidação da arrematação poderá ser pleiteada por ação autônoma, em cujo processo o arrematante figurará como litisconsorte necessário (art 903, § 4º, do CPC). O arrematante poderá desistir da arrematação, sendo-lhe imediatamente devolvido o depósito que tiver feito: I – se provar, nos 10 (dez) dias seguintes, a existência de ônus real ou gravame não mencionado no edital; II – se, antes de expedida a carta de arrematação ou a ordem de entrega, o executado alegar alguma das situações previstas no § 1º; III – uma vez citado para responder a ação autônoma de que trata o § 4º deste artigo, desde que apresente a desistência no prazo de que dispõe para responder a essa ação (art. 903, § 5º, do CPC). 06) O prazo para oposição de embargos de terceiro é de até 05 (cinco) dias depois da adjudicação, da alienação por iniciativa particular ou da arrematação, mas sempre antes da assinatura da respectiva carta (art. 675 do CPC). 07) Fica(m) devidamente intimado(a)(s) pelo presente edital, caso não seja(m) encontrado(a)(s) para a intimação pessoal, o(a) executado(a), o(a) representante legal se o(a) executado(a) for pessoa jurídica, bem como o(a) depositário(a) e outro(s) credor(es). E, para que chegue ao conhecimento de todos, mandei passar o presente Edital de Leilão, o qual será afixado no local de costume e publicado, na forma da lei.
Histórico de lances
Internauta Data Hora Valor do Lance Forma Pagamento IP do Internauta
{{Internauta}} {{Data}} {{Hora}} {{ValorLance}} {{FormaPagamento}} {{IPInternauta}}
Visualizar todos os lances

Todo o material de propaganda não tem validade jurídica, pois se trata de mero material de divulgação, com informações limitadas e resumidas, vale o que consta no edital.